Arquivo por Autor

Frank Jorge e The Waiters: atrações “importadas” para a primeira Folk This Town Elétrica!

setembro 21, 2009

flyer26-09blog

Sempre defendemos a Folk This Town como a festa sossegada da cidade, onde você pode curtir um som tranquilo, enquanto toma sua cerveja e conversa com os amigos, mas ninguém nunca disse que somos radicais no nosso “violonismo”.
A diversão e o Folk independem do violão, e para provar eis que finalmente, nesse sábado, 26 de setembro, iremos realizar uma velha idéia nossa: a primeira Folk This Town Elétrica! Duas bandas, com direito a baixo, guitarra e bateria. E pra comemorar nossa primeira plugada (epa), nada como apresentar shows tão especiais quanto a ocasião.
Na abertura, The Waiters. O que começou como uma simples parceria músico-internética entre o americano Matt Love (um dos fundadores do Wimps, banda seminal de Olympia, Washington) e os recifenses Leo Monstro e Lulina, evoluiu para o projeto The Waiters. Pois Matt desceu o continente americano e está de férias no Brasil e para aproveitar a oportunidade, eles farão um show único em São Paulo, nos servindo seu indie pop divertido, contando com as participações de outros amigos.
E no segundo show: Frank Jorge apresentará músicas de seus três discos-solo. Importante nome da cena musical porto-alegrense, o baixista/vocalista da Graforréia Xilarmônica e ex-baixista/guitarrista dos Cascavelletes (entre outros tantos projetos) irá mostrar seu rock bem-humorado, com pitadas da Jovem Guarda, sessentismos e Beatles.
E onde será a Folk desse dia 26? Novamente na Casa do Mancha. Nosso velho amigo nos acolheu tão bem na última que não tínhamos como não voltar.
Então é isso: venhar ver os “gringos” e suas guitarras invadirem a Folk This Town nesse sábado 26, na Casa do Mancha!
(e caso alguém tenha se perguntado… calma, os violões voltam na próxima Folk, podem esperar. Só  ficamos com vontade de agitar um pouco.)

FOLK THIS TOWN ELÉTRICA – com Frank Jorge e The Waiters
26/9 – sábado
17:00 – abertura da casa
Shows:
19:40 – The Waiters
21:00 – Frank Jorge
onde?
na Casa do Mancha
r. Filipe de Alcaçova, s/n – Vila Madalena
(11)3796-7981

entrada: R$10

(só aceita dinheiro, sem cheques ou cartões)

Folk This Town de volta! – ‘Out of Place/ 6×5’ – 26/7

julho 20, 2009

outofplaceblog

Depois de um ano e meio quinzenalmente funcionando como palco para o folk produzido em São Paulo, a Folk This Town deixou de ter periodicidade definida, mas segue longe de acabar – no dia 26 de julho (tradicionalmente, um domingo) a festa tem sua primeira edição da nova fase, com o show “Out of place – 6 x 5” na Livraria da Esquina, em São Paulo.

Com seis artistas solo tocando cinco músicas cada (However, Leão, Edson, Stan Molina, Semi-Solo e Lulina), a apresentação também vai ajudar a Folk This Town a financiar a produção de sua primeira coletânea, “Out of place”, lançamento que também deve inaugurar o selo da festa.

Há alguns meses em planejamento, a coletânea ainda está em produção. A ideia é trazer um panorama da produção musical paulistana com influências folk, um registro geral dessa pequena e prolífica cena, com canções de artistas que tocaram na primeira fase da Folk This Town.

“Out of place”, o título (da noite e da coletânea) nasceu de um insight que traduziu bem as dificuldades e peculiaridades de se fazer a Folk This Town: realizar uma festa regular de folk em São Paulo é o equivalente a promover uma noite de música caipira brasileira em Nova York – deslocada, “fora de lugar”.

Na discotecagem, canções de gente como Grenade, Grateful Dead, The National, Neil Young, Belle & Sebastian, The Band, Cat Power, The Byrds, Neutral Milk Hotel, Big Star, Bob Dylan, Son Volt, Nick Drake, Will Oldham e outros heróis do violão (plugado ou não).

A Folk This Town

A festa Folk This Town funcionou entre 2007 e 2009 quinzenalmente em dois endereços em São Paulo (no bar Santa Augusta e no Bar B) com a proposta de uma noite acústica, abrindo espaço para os violões, sussurros e um clima mais intimista. Desde maio de 2009, o projeto deixou de ter periodicidade definida, mas segue realizando eventos especiais e funcionando como selo para a nova geração do folk brasileiro.

Folk This Town – Out of Place / 6×5
However, Leão, Edson, Stan Molina, Semi-Solo e Lulina
26 de julho (domingo)
Livraria da Esquina
Rua do Bosque, 1.254 – Barra Funda – São Paulo, SP
R$ 10 (aceita todos os cartões)
(11) 3392-3089
A partir das 20h
Entrada: R$ 10,00

Folk This Town de Páscoa com Dual Tape e Stan Molina & Quarx! Quarx!

abril 9, 2009

flyer12-04blog

Depois de um rápido hiato, a Folk This Town volta em pleno domingo de Páscoa – diz aí, tem feriado mais folk que a Páscoa? – trazendo o prata da casa Stan Molina em seu projeto solo Stan Molina & Quarx! Quarx! e o quarteto indie Dual Tape.

Eminência trovadélica, Stan Molina é mais conhecido pela suas bandas Telepatas e Departamento Celeste. Na empreitada solo, Molina mistura influências que vão de Stephen Malkmus a Guilherme Arantes, sempre com seu afiado senso melódico.

Formado em 2008, o quarteto paulistano Dual Tape é formado por Bedusk (Guitarra), Cristina (Voz/Violão), André (Baixo/Voz) e Rodrigo (Bateria/Percussão). Com os dois pés no indie da década de 90, a banda é influenciada por artistas como Wilco, Galaxie 500 e Mazzy Star.

Folk This Town de Páscoa com Dual Tape e Stan Molina & Quarx! Quarx!
Bar B
Rua General Jardim, 43 (a 100m do metrô República)
Tel: 3129-9155
Dia 12/04 (domingo)
A partir das 19h (Primeiro show a partir das 20h)
Entrada: R$ 7,00

Folk This Town com Hornek e Charlotte’s Suit

março 12, 2009

flyer15-03blog

Na segunda data de março da Folk This Town, a festa traz dois importantes nomes do underground do indie folk Brasileiro: Maurício Hornek e Pedro Palhares – que vem com seu projeto Charllote’s Suit.

Maurício Hornek já tocou na Folk em um show de covers do norte-americano Will Oldhan (que chamou o músico e artista paulistano para desenhar a capa de um projeto), e volta ao palco da festa para apresentar seu projeto-solo, influenciado por Neutral Milk Hotel e o disco “Sung Tongs” do Animal Collective – se tudo der certo, é até possível que Hornek lance seu novo disco na festa.

Nome já conhecido no indie paulistano, Pedro Palhares vem para a Folk This Town com o seu projeto Charllote’s Suit. Com sensibilidade lo-fi, o projeto existe desde 1999, influenciado por artistas Sebadoh, Guided By Voices, Ultrasom, Itamar Assumpção e Cat Power.

Folk This Town com Hornek e Charlotte’s Suit
Bar B
Rua General Jardim, 43 (a 100m do metrô República)
Tel: 3129-9155
Dia 15/03 (domingo)
A partir das 19h (Primeiro show a partir das 20h)
Entrada: R$ 7,00

Death to everyone

março 5, 2009

O Eduardo Haddad, ex-Holger, se ofereceu para fazer um cover de Will Oldham na festa, perto do final do ano passado. A gente não só topou como apressou o guri paca – que chamou um time DEVERAS pra tocar com ele, liga só: StereoLeo (que toca com a Lulina e mais uma porrada de gente), Juliana R. (que fez um show incrível na última festa) e Maurício Hornek, uma das atrações da próxima Folk. Aí em baixo dá pra sacar um pouco do que foi a apresentação deles, cantando “Death to everyone”, do disco “I see a darkness“, do Bonnie “Prince” Billy.

Folk This Town pós-carnaval com Juliana R. e Marco Britto

fevereiro 27, 2009

flyer01-03blog

Duas grandes revelações ocupam o palco da Folk This Town na edição pós-carnaval da festa: o gaúcho Marco Britto e a paulistana Juliana R.

Juliana R. foi um dos pricipais destaques no cenário independente paulistano no final de 2008, chamando atenção da mídia com seu EP virtual, produzido por Fábio Pinc, do grupo instrumental Mamma Cadela. Com influências de folk e indie, músicas como “Since I’ve Met You” e “Longe” mostram sua voz suave e seu precoce talento como compositora.

Ex-membro da banda catarinense Jeans, o gaúcho Marco Britto trocou as influências de rock sessentista de seu grupo anterior pelo folk e country de gênios como Neil Young e Ronnie Lane. Instrumentista de mão cheia, usa bandolim, banjo e violão para construir músicas como “Say It So” e “End of the Day”.

Folk This Town com Juliana R. e Marco Britto
Bar B
Rua General Jardim, 43 (a 100m do metrô República)
Tel: 3129-9155
Dia 01/03 (domingo)
A partir das 19h (Primeiro show a partir das 20h)
Entrada: R$ 7,00

Folk This Town de aniversário com Stela Campos e The James Orr Complex

novembro 22, 2008

flyer23-11folk

A próxima Folk This Town, no dia 23 de novembro, vai ser a festa do ano. Sempre se diz isso, mas agora é muito sério. Porque é aniversário (adiantado) de um ano da festa e de dois anos do Bar B, e porque também teremos como convidados especiais artistas que queríamos muito ver de novo no nosso palco.

Stela Campos comoveu a todos com seu show na Folk This Town. As releituras acústicas das suas próprias composições são definitivamente emocionantes (você pode conferir algumas delas aqui), enquanto as suas versões de clássicos folk de gente como Vashti Bunyan e Carter Family levaram algumas pessoas às lágrimas na sua primeira apresentação na Folk This Town. O melhor de tudo é que a cantora ainda aproveita para lançar seu EP “Daniel Johnston”, só com covers do compositor folk norte-americano – ouça as faixas do EP aqui.

Na sequência, sobe ao palco o escocês Chris Mack, pilotando seu projeto solo The James Orr Complex. Radicado no Brasil mas lançando pela gravadora escocesa Rock Action, Mack deve lançar na Folk This Town seu novo álbum, Com Favo (se tudo der certo, claro). Tocando soberbamente um violão com afinações inusitadas, The James Orr Complex soa como um Nick Drake influenciado por Sonic Youth e Slint. Seu primeiro álbum, Chori’s Bundle, saiu em 2003, e o levou a tocar com gente como Cat Power, Boonie “Prince” Billy e Shellac, além de festivais como o All Tomorrow Parties e o School’s Out (com curadoria do Belle & Sebastian).

E para ninguém mais ter desculpa para não aparecer, dia 24 é aniversário de Chris, e esperamos contar com a presença de bons amigos escoceses na festa – além da sua, claro.

Folk This Town de aniversário com Stela Campos e The James Orr Complex
Bar B

Rua General Jardim, 43 (a 100m do metrô República)
Tel: 3129-9155
Dia 23/11 (domingo)
A partir das 18h (Primeiro show a partir das 20h)
Entrada: R$ 5,00

Próximas atrações:

07/12 – Bazar Pamplona + Thiago Pethit

Will Oldham cover e projetos especiais na Folk This Town

novembro 6, 2008

flyer09-11folk

Nesta semana, a Folk This Town será no dia seguinte ao fim do Planeta Terra – ocasião perfeita para relaxar e para apresentar “aquela balada de folk” para os amigos que vieram em caravana e estão hospedados na sua casa.

A dupla Haddad & Hornek (Eduardo Haddad, ex-projeto: e ex-Holger e o artista solo Maurício Hornek) sobe ao palco da Folk This Town para prestar uma homenagem adiantada a Will Oldham, um dos ídolos da festa que vem ao Brasil na segunda quinzena do mês. O duo arrasta os amigos para o palco, num repertório que passa por toda a carreira do compositor norte-americano, com atenção especial para a fase Palace.

Quem fecha a festa é o trio formado por Helio Flanders (Vanguart), Tatá Aeroplano (Cérebro Eletrônico) e Maurício Fleury (Multiplex). Tocando composições inéditas e material antigo com novos arranjos, o trio troca as vozes – Helio canta Tatá, Tatá canta Helio – e promete também algumas covers surpresa.

Folk This Town com Haddad & Hornek e Helio, Tatá & Maurício
Bar B
Rua General Jardim, 43 (a 100m do metrô República)
Tel: 3129-9155
Dia 09/11 (domingo)
A partir das 18h (Primeiro show a partir das 20h)
Entrada: R$ 5,00

Folk This Town com Stuart e Lulina – 26/10

outubro 23, 2008
Lançamento duplo na Folk This Town do dia 26 de outubro. Lulina traz seu novo álbum duplo, e o Stuart faz o lançamento oficial do seu segundo disco em São Paulo numa das festas mais divertidas do ano.

Os catarinenses do Stuart aproveitam que a primavera finalmente começou para lançar seu segundo álbum, “Teatro que Celebra a Extinção do Inverno”. Com influências que vão de Johnny Cash a Graforréia Xilarmônica e de Tom Zé a Pavement, o Stuart preparou um set acústico para a Folk This Town, misturando clássicos como “Anti-Herói Barriga Verde” e “Um Bom Motivo” a novidades como “Carta de Despejo” e “Canção para Valorizar o Silêncio”

A pernambucana Lulina volta à Folk This Town com disco, livro e até banda nova. “Aceitação do 14/ Aos 28 Anos Dei Reset na Minha Vida” é o nome do álbum duplo da cantora, que ficou dois anos sem lançar discos. O álbum reúne composições dos anos de 2006 e 2007 e tem tiragem limitada a 28 cópias. Lulina também ataca de escritora, lançando seu “Livro das Lamúrias” com projeto gráfico ousado e tiragem mais limitada ainda: 13 cópias. Para conseguir um, só chegando cedo mesmo.

Folk This Town com Stuart e Lulina
Bar B

Rua General Jardim, 43 (a 100m do metrô República)
Tel: 3129-9155
Dia 26/10 (domingo)
A partir das 18h (Primeiro show a partir das 20h)
Entrada: R$ 5,00

Leão e Sandro Garcia & Enigma Central Park na Folk This Town

outubro 8, 2008

Em outubro a Folk This Town abre sua temporada de lançamentos e estréias com dois projetos “quase-solo”. Um deles é o Leão, de Pedro “Jimi” Moreira, e o outro é Sandro Garcia & Enigma Central Park.

O Leão é a estréia de Pedro Moreira em fase solo, com composições influenciadas por artistas como A silver mt. zion, Bill Callahan e Jards Macalé. Fazendo uma instrumentação simples e intuitiva para letras sarcásticas e/ou densas, Leão é um projeto aberto para a experimentação e o estranho. No repertório, canções originais e algumas covers, na formação, Pedro Moreira na guitarra elétrica e voz e Stan Molina (Os Telepatas) acompanhando com violão de náilon e vocais.

Sandro Garcia (Momento 68, Continental Combo) lança na Folk This Town o segundo volume de seu trabalho solo: “Jogos Metropolitanos: Demos Vol. 2” (Open Field/ Peligro). Gravado em várias sessões entre 1997 e 2008, o disco equilibra canções e temas instrumentais com toques de psicodelia, climas de trilha sonora e nuances do folk rock. O show na Folk Ths Town traz Sandro acompanhado da esposa Consuelo Grigoi na voz, escaleta e percussão.


Festa Folk This Town! com:
Leão e Sandro Garcia & Enigma Central Park
Dia 12/10, domingo a partir das 20 horas
Entrada 5,00 reais
Local: Bar B – Rua General Jardim, 43 (a 100m do metrô República) – São Paulo – SP