Archive for the ‘amigos’ Category

Death to everyone

março 5, 2009

O Eduardo Haddad, ex-Holger, se ofereceu para fazer um cover de Will Oldham na festa, perto do final do ano passado. A gente não só topou como apressou o guri paca – que chamou um time DEVERAS pra tocar com ele, liga só: StereoLeo (que toca com a Lulina e mais uma porrada de gente), Juliana R. (que fez um show incrível na última festa) e Maurício Hornek, uma das atrações da próxima Folk. Aí em baixo dá pra sacar um pouco do que foi a apresentação deles, cantando “Death to everyone”, do disco “I see a darkness“, do Bonnie “Prince” Billy.

Anúncios

Folk This Town Especial de Natal – 14/12 – domingo

dezembro 12, 2008

flyer14-12blog

A Folk This Town chega ao fim do ano com uma comemoração diferente para o Natal. Adiantamos a festa em uma semana e, ao invés dos dois shows completos que normalmente fazemos, apostamos numa “retrospectiva” com microfone aberto. Ou seja, convocamos todos os artistas que subiram ao nosso palco ao longo desse ano para tocarem um par de músicas.

Essa é a idéia da nossa Folk de Natal – mais do que o estilo musical, queremos reunir os amigos em uma celebração do ano que chega ao fim. No palco e na platéia, amigos e camaradas, bons papos e bom som. A entrada é de graça (mas estamos pedindo uma colaboração de R$ 5,00 para as vítimas das enchentes em SC), e as apresentações, bem, nem a gente sabe o que os artistas vão tocar.

Folk This Town Especial de Natal

Bar B
Rua General Jardim, 43 (a 100m do metrô República)
Tel: 3129-9155
Dia 07/12 (domingo)
A partir das 18h (Primeiro show a partir das 20h)
Entrada gratuita (Colaboração Sugerida – R$ 5,00)

Novo álbum do Stuart disponível para download

junho 10, 2008

Os catarinenses (radicados em SP) do Stuart lançaram há poucos dias o seu segundo álbum, O Teatro Que Celebra a Extinção do Inverno. O disco está disponível na íntegra para download no MySpace da banda, e vem com clássicos instantâneos como “Carta de Despejo”, “Canção Para Valorizar o Silêncio” e a faixa-título. Eles já tocaram na Folk This Town com um ótimo set acústico, e logo vão estar fazendo shows Brasil afora. Aqui embaixo você pode ver a capa do álbum (que ficou um pitéuzinho!).

Agenda Folk: O fim da Juke Joint

maio 30, 2008

Bom, como alguns já sabem, semana passada os donos do bar resolveram viajar no feriado e nós ficamos com uma festa marcada, divulgada e sem lugar, apenas três dias antes da data. Então ligamos meio no desespero pra um amigo que na hora botou o bar dele à disposição. E fizemos uma das festas mais divertidas da Folk This Town!, com dois shows memoráveis e um puta clima bacana que culminou com uma Jam Session insana no final.

O amigo é o Flavinho e o bar é o Juke Joint. E durante a festa soubemos que esta foi a penúltima festa da história do bar. É, o Juke vai fechar definitivamente. Pelo menos aquele Juke, no porão da casa da Frei Caneca.

Mas como não podia deixar de ser, e meio num esquema “tradição Blues do Mississipi encontra o uderground”, o funeral será uma barulhenta festa. A última festa da Juke Joint”.

Nós da Folk This Town! estaremos lá e convidamos todos vocês pra irem “beber o morto” com a gente e com o Flavinho.

“Amigos & clientes da Juke Joint

Como anteriormente anunciado, por diversas vezes, diga-se de passagem, o Juke Joint chega realmente ao seu fim. Gostaria de agradecer a todos os amigos desta espelunca e convidá-los para a festa de encerramento, também data do meu aniversário, neste sábado próximo. Estaremos realizando a gravação das bandas Fábrica de Animais, Trovadores de Bordel, La Carne & Saco de Ratos, e o seu registro nesse último suspiro do Juke Joint é muito importante para nós.

THE LAST GASP – O FIM DA JUKE JOINT é neste sábado, dia 31 de maio, a partir das 23:30. O ingresso custa R$ 12,00, meio salgado por causa do custo da gravação, mas tem a listinha: envie seu nome para vajman@hotmail.com e pague R$ 8,00 na porta.

Mais uma vez agradeço aos amigos e freqüentadores do Juke Joint e conto com a presença de todos neste que será, sem dúvida, o funeral mais rock’n’roll de toda a sua vida.”

Flávio Vajman

Granada pra baixar

março 10, 2008

Rodrigo Guedes, camarada e cappo do Grenade está disponibilizando todos os discos da banda para download no site “Grenade Sem Corpo“. Aproveitem pra baixar o Is An Out Of Body Experience (o In the Aeroplane Over the Sea do indie brasileiro) e também o inédito e roqueiro Life as a Sinner. Tá faltando o clássico folk Shortwave Young Love Kingdom, mas logo o Rodrigo deve corrigir essa falha.

Baixalogoaê!

Retrospectiva Folk – Fevereiro

março 4, 2008

 

É uma pena não ter sobrado um tempo pra eu escrever sobre o que tem sido a Folk This Town até agora. A gente sempre recebe um monte de e-mails empolgados, abraços camaradas e outras manifestações de carinho, e nem sempre dá pra lembrar de agradecer por aqui.

 

Acho que a gente tem que começar de dezembro do ano passado, quando o Edson e seus Black Horses inauguraram oficialmente a “melhor (e única) festa folk de São Paulo)”. Edson é daqueles que lidam com a quietude e o minimalismo, um membro da nossa “família” que ainda vai fazer muito barulho (mesmo que também apreciando o silêncio) por aqui e em terras estrangeiras.

 

Depois, teve a Lulina, que foi maravilhosa trazendo um monte de convidados também maravilhosos pra tocar seu Cochilândia na íntegra. A Lu é fofa e delicada e uma das pessoas mais queridas que a gente já teve a sorte de encontrar – e volta semana que vem à festa, dessa vez tocando o álbum Bolhas na Pleura (mais detalhes daqui a pouco).

O recomeço, em 2008, foi tão divertido quanto a “primeira vez”. Primeiro porque o Adriano e seu semi-solo (ex-Fading) abriu a noite, e o Adriano é um dos irmãos-folk, um dos caras sem o qual essa festa nem existiria. Aliás, puta show, com mais um monte de amigos no palco.

 

No mesmo dia 10 também tocaram Os Telepatas – que além de presentearem a gente com versões acústicas das músicas deles (e mesmo com a ausência do Stan, que estava em terras estrangeiras na época), deram de brinde Lô Borges, Grandaddy e uma palhinha do show especial só com Wilco (que rolou no final do mês no Milo) de brinde.

 

Dia 24 também foi mágico, começando com o trio de super-stars folk Helio, Zé & Mallu (“nosso Peter, Paul & Mary”, diria o Adriano), tocando versões de arrepiar de clássicos do mestre Bob Dylan, com o acréscimo de um Moldy Peaches aqui e um Vanguart acolá, só pra temperar a noite.

 

Quem também largou um pouco as guitarras para se render aos violões foi o quinteto Fotograma, tão à vontade no palco que não dava pra imaginar eles tocando de outro jeito – arranjos perfeitos e sutilezas sonoras que beiram a perfeição.

 

Aproveitando a retrospectiva, eu gostaria de agradecer algumas pessoas que fizeram essa festa possível. Primeiro a Dani Hasse, minha namorada e verdadeira musa-folk, que tem a infinita paciência com toda a correria e ainda assim se diverte, sempre registrando os shows em foto e vídeo – e que deve tocar com seu projeto folk logo na festa!

 

Outro camarada imprescindível é o Rodrigo Sommer (esse já tem show marcado pra abril), um dos organizadores e o responsável pelos cartazes e flyers da festa, sucesso absoluto.

 

Por trás da mesa de som está o insubstituível Mancha, operador de milagres de plantão. Também temos que agradecer ao Paulo e ao Miki, cappos do Santa Augusta que curtiram a idéia e apostaram na Folk This Town, além de amigos que colaboraram de diversas maneiras, como Carol, Kátia, Guilherme, Palugan, Eugênio, Leon, Stevens, Dani Arrais e mais uma porrada de gente que eu estou esquecendo agora – sem contar o nosso público que está lá, domingo sim, domingo não, espantando a pasmaceria com um bom som, boa cerveja e excelente companhia.

 

Abraços a todos, e nos vemos na próxima Folk This Town!